Casa das 7 mortes

A Casa das 7 Mortes

Conheça a história da Casa das 7 Mortes localizada no Pelourinho de Salvador, Bahia

Localizada no Centro Histórico de Salvador, o solar nº24 da antiga Rua do Passo é conhecida como a Casa das 7 Mortes.

Ganhou o nome em 1755 depois de assassinatos em série terem acontecido no local.

História da Casa das 7 Mortes

Ninguém sabe exatamente a data da sua construção, mas algumas evidências indicam que já no século XVII a casa estava de pé. Sua arquitetura traz estilo ibérico – entre português, espanhol, árabe e mouro .

Há quem diga que esta seria um dos casarões mais antigos do Brasil, já que é possível notar sua presença em mapas muito antigos da cidade.

O pesquisador e ceramista Udo Knoff confirmou que nesta casa estão os azulejos mais antigos da cidade, datados do século 17 e ainda presentes no casarão, entre as cores azul e amarelo.

O Mistério que ronda o solar

Quando o assunto é mistério, em Salvador essa é a casa mais famosa. Em 1755, um crime nunca desvendado foi registrado no que seria o Tribunal de Justiça da época.

Conta-se que muito tempo atrás uma família bastante abastada morava no local e realizavam maus tratos a uma de suas escravas, até o dia da vingança, em que a escrava matou o casal e os seus 2 filhos por envenenamento.

Logo em seguida foram morar no local o Padre Manoel de Almeida Pereira, e mais dois criados, que também foram assassinados sem que se saiba o motivo.

Há pouco tempo, a vizinhança podia jurar que barulhos esquisitos surgiam de dentro do casarão. Logo, a casa ganhou fama de mal assombrada.

A Casa das 7 Mortes é aberta à visitação

Casa das Sete Mortes
Endereço: Rua Ribeiro Santos, nº 24 (antiga rua do Paço)
Bairro: Centro Histórico
Horário: Seg a sex 14h às 17h