Tábua de Esmeralda por Hortulanus – Capítulo V

Tábua de Esmeralda por Hortulanus – Capítulo V

Meditar sobre o significado da Tábua de Esmeralda por Hortulanus constitui um passo obrigatório para todo estudante diligente da Alquimia e do Hermetismo.

Dando continuidade à leitura da Tábua de Esmeralda por Hortulanus, vamos analisar o capítulo V da mesma obra.

Para ler o capítulo IV clique aqui.

Tábua de Esmeralda por Hortulanus – Capítulo V

A Conjunção das Partes é a Concepção e a Geração da Pedra

Quando ambos se recebem  na concepção da Pedra, esta é engendrada no seio do Vento, e isto é dito em seguida: “O Vento a trouxe em seu seio”.

Sabe-se que o Vento é o ar, e o ar é vida, e a vida é a alma, que, como já foi dito antes, vivifica a Pedra.

Assim, pois, é necessário que o Vento traga toda a Pedra e a transporte, gerando o Magistério.

Disso se infere que a Pedra deva receber o alimento de sua nutriente, a Terra.

Disse ainda o Filósofo: “a Terra é sua nutriente”.

Pois, como a criança que sem o alimento que recebe de sua mãe não cresceria jamais.

Assim também nossa Pedra jamais chegaria a existir sem a fermentação da Terra, e o fermento se chama alimento.

Deste modo, por conjunção do pai com a mãe se gera os filhos, semelhantes aos pais, e que, se são submetidos a um demorado cozimento, tornar-se-ão semelhantes à mãe e terão o peso do pai.

Clique aqui para ler o Capítulo VI.

#nefasto


NEFASTO – ENTRE A VIDA E A MORTE
www.nefasto.com.br – Tudo sobre medo e terror: Filmes de terror, histórias de terror, livro de terror, notícias de terror, contos de terror. Todas as matérias são escritas pela equipe do Nefasto, com base em fontes da internet. Caso algum artigo ou notícia não esteja carregando os devidos créditos, entre em contato com a equipe do Nefasto pelo email nefasto.nocivo@gmail.com.
Siga-nos nas redes: Facebook || Instagram || Youtube || Grupo de discussão || Twitter || Google+

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta