A Casa das 7 Mortes

A Casa das 7 Mortes

Conheça a história da Casa das 7 Mortes localizada no Pelourinho de Salvador, Bahia

Localizada no Centro Histórico de Salvador, o solar nº24 da antiga Rua do Passo é conhecida como a Casa das 7 Mortes.

Ganhou o nome em 1755 depois de assassinatos em série terem acontecido no local.

História da Casa das 7 Mortes

Ninguém sabe exatamente a data da sua construção, mas algumas evidências indicam que já no século XVII a casa estava de pé. Sua arquitetura traz estilo ibérico – entre português, espanhol, árabe e mouro .

Há quem diga que esta seria um dos casarões mais antigos do Brasil, já que é possível notar sua presença em mapas muito antigos da cidade.

O pesquisador e ceramista Udo Knoff confirmou que nesta casa estão os azulejos mais antigos da cidade, datados do século 17 e ainda presentes no casarão, entre as cores azul e amarelo.

O Mistério que ronda o solar

Quando o assunto é mistério, em Salvador essa é a casa mais famosa. Em 1755, um crime nunca desvendado foi registrado no que seria o Tribunal de Justiça da época.

Conta-se que muito tempo atrás uma família bastante abastada morava no local e realizavam maus tratos a uma de suas escravas, até o dia da vingança, em que a escrava matou o casal e os seus 2 filhos por envenenamento.

Logo em seguida foram morar no local o Padre Manoel de Almeida Pereira, e mais dois criados, que também foram assassinados sem que se saiba o motivo.

Há pouco tempo, a vizinhança podia jurar que barulhos esquisitos surgiam de dentro do casarão. Logo, a casa ganhou fama de mal assombrada.

A Casa das 7 Mortes é aberta à visitação

Casa das Sete Mortes
Endereço: Rua Ribeiro Santos, nº 24 (antiga rua do Paço)
Bairro: Centro Histórico
Horário: Seg a sex 14h às 17h


NEFASTO – ENTRE A VIDA E A MORTE
www.nefasto.com.br – Tudo sobre medo e terror: Filmes de terror, histórias de terror, livro de terror, notícias de terror, contos de terror. Todas as matérias são escritas pela equipe do Nefasto, com base em fontes da internet. Caso algum artigo ou notícia não esteja carregando os devidos créditos, entre em contato pelo email nefasto.nocivo@gmail.com.
Siga-nos nas redes: Facebook || Instagram || Youtube || Grupo de discussão || Twitter || Google+

Deixe uma resposta