Alfred Hitchcock ganha megaexposição no MIS, em São Paulo

Alfred Hitchcock ganha megaexposição no MIS, em São Paulo

Fotos e manuscritos doados por filha de Alfred Hitchcock são destaques.

Além da mostra, haverá curso sobre a obra do diretor de Psicose e maratona de filmes. Exposição fica até dia 21 de outubro no museu.

Com destaque para 17 filmes, “Hitchcock – Bastidores do Suspense” investiga as contribuições do cineasta para a linguagem cinematográfica

Alfred Hitchcock e Janet Leigh durante intervalo das gravações de Psicose_ 1960 Core Collection Production Files, Margaret Herrick Library, A.M.P.A.S (Foto: Divulgação)

Quem ama cinema sabe que Alfred Hitchcock é daqueles cineastas chave para entender um pouco da própria história cinematográfica e, principalmente, da construção do gênero suspense como o conhecemos hoje.

O inglês radicado nos Estados Unidos mostrou o quanto a linguagem visual complementa a narrativa, e que nada pode estar na tela sem um motivo por trás.

Toda essa bagagem pode ser vista, revista, folheada e fotografada na exposição Hitchcock – Bastidores do Suspense, em cartaz no Museu da Imagem e do Som – MIS até o dia 21 de outubro de 2018.

Alfred Hitchcock durante as gravações do filme Intriga Internacional_1959_Alfred Hitchcock Papers, Margaret Herrick Library, A.M.P.A.S. (Foto: Divulgação)

Rod Taylor e Alfred Hitchcock no intervalo de gravações do filme Os Pássaros_ 1963_Core Collection Production Files, Margaret Herrick Library, A.M.P.A.S. (Foto: Divulgação)

Com curadoria de André Sturm, a exposição, como o nome já indica, faz o visitante passear nos bastidores de cada um dos 17 filmes selecionados para preencher os dois andares do museu.

“Queremos mostrar quem é o homem por trás de um nome que virou adjetivo no meio cinematográfico, que criou um universo visual particular e todas as suas características sistemáticas”, explica André em coletiva de imprensa.

Antes de ser diretor, Hitchcock foi decorador de set, e essa experiência enriqueceu muito a sua proposta de filme, porque o rigor no olhar ficou ainda mais apurado, tanto para o roteiro e direção, quanto para a direção de arte e de fotografia.

Desenho de figurino para personagem de Kim Novak no filme Um corpo que cai_1958_Edith Head Papers, Biblioteca Margaret Herrick, AMPAS (Foto: Divulgação)

 

Página de storyboard do filme Os Pássaros_1963_Alfred Hitchcock Papers, Margaret Herrick Library, Academy of Motion Pictures and Sciences (Foto: Divulgação)

O mergulho na vida e obra de Alfred Hitchcock acontece entre as diversas salas, divididas por grandes painéis de madeira, que lembram as caixas de containers e também as divisórias de cenários de filmes, séries e novelas.

Entre uma cortina de veludo preto e outra, o visitante pode conhecer mais da história de filmes como Mulher Oculta (1938), Suspeita (1941) e O Marido era o Culpado (1936), e também descobrir detalhes diversos dos clássicos como Ladrão de Casaca (1955), O Corpo que Cai (1958) e Psicose (1960).

Pôster do filme 39 degraus_Margaret Herrick Library, A.M.P.A.S (Foto: Divulgação)

 

Pôster do filme Um corpo que cai (Polônia)Vertigo, 1958_ Margaret Herrick Library, A.M.P.A.S (Foto: Divulgação)

O que faz destacar o trabalho de cenografia realizado pela equipe do Atelier Marko Brajovic.

Montamos como se estivessemos andando pelos bastidores dos filmes, no meio dos cenários montados de estúdios como a MGM”, explica Bruno Bezerra, diretor de projeto do escritório, em entrevista à Casa Vogue.

“Como a exposição foi pensada como um circuito único, o suspense de entrar em portas ou abrir cortinas aumenta a expectativa do visitante. Consideramos o lema do diretor para tal: o suspense não pode ser exacerbado, precisa ser na medida”, completa.

Quadros e pôsteres dos filmes de diversos países preenchem as paredes do MIS, enquanto as pequenas fotografias dispostas como moodboards e storyboards de filmes auxiliam visualmente os textos sobre os filmes de Hitchcock.

Uma exposição bem completa para quem se interessa por cinema.

James Stewart,Grace Kelly e Hitchcock no intervalo das gravações de Janela Indiscreta_1954_Acervo Marc Wanamaker Bison Archives Hollywood California (Foto: Divulgação)

Hitchcock – Bastidores do suspense

Local: Museu da Imagem e do Som – MIS
Endereço: Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777
Datas: de 13 de julho a 21 outubro
Horários: Terças a sábado 10h às 21h; sábado 10h às 22h; domingos e feriados das 9h às 20h
Ingressos: Bilheteria R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia) na Recepção do MIS (somente para o dia da visita). Terças-feiras entrada gratuita. Menores de 5 anos não pagam
Ingressos antecipados R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), com hora marcada, no site e aplicativo Ingresso Rápido
www.mis-sp.org.br
Estacionamento conveniado: R$ 18

 

Hitchcock e o ator Paul Newman no intervalo das gravações do filme Cortina Rasgada_1966_Acervo Marc Wanamaker Bison Archives Hollywood California (Foto: Divulgação)

 

 

Detalhes dos bastidores das gravações do filme Festim Diabólico_1948_Acervo Marc Wanamaker Bison Archives Hollywood California (Foto: Divulgação)

 

Grace Kelly nos bastidores de Ladrão de Casaca usando vestido de lamé dourado, peça icônica usada na cena do baile de máscaras_Acervo Marc Wannamaker (Foto: Divulgação)

 


NEFASTO – ENTRE A VIDA E A MORTE
www.nefasto.com.br – Tudo sobre medo e terror: Filmes de terror, histórias de terror, livro de terror, notícias de terror, contos de terror. Todas as matérias são escritas pela equipe do Nefasto, com base em fontes da internet. Caso algum artigo ou notícia não esteja carregando os devidos créditos, entre em contato com a equipe do Nefasto pelo email nefasto.nocivo@gmail.com.
Siga-nos nas redes: Facebook || Instagram || Youtube || Grupo de discussão || Twitter || Google+

 

Deixe uma resposta