32 grandes mistérios que nunca foram solucionados

32 grandes mistérios que nunca foram solucionados

32 grandes mistérios que nunca foram solucionados

A medicina, tecnologia, ciências e pesquisas avançaram muito no último século e nos trouxeram inovações incríveis para o dia a dia. Mas existem casos peculiares que chamaram a atenção de todo o mundo por nunca terem tido uma explicação. Será que você já ouviu falar de alguns deles?

Essa lista montada pela equipe do Nefasto com 32 grandes mistérios que nunca foram solucionados é um prato cheio para atiçar os curiosos de plantão!

 

O zumbido da cidade de Taos

Na pequena cidade de Taos, no estado do Novo México, Estados Unidos, existe um certo zumbido que pode ser ouvido, como se fosse um carro à diesel distante, mas que só pode ser escutado pelo ouvido humanos.

Dispositivos de detectar som não conseguem captá-lo.

E ninguém sabe da onde vêm o som.

 

O Manuscrito Voynich

O Manuscrito Voynich foi escrito numa língua que nenhum homem conseguiu decifrar.

As únicas ideias de o que as páginas podem falar são os desenhos que acompanham os escritos.

 

Jack o Estripador

Um dos serial killers mais famoso do mundo, com livros, filmes e peças, Jack, o Estripador fez sua fama por nunca ter sido pego.

Ele matou 11 mulheres em Londres, no final do século XIX, sendo a maioria delas prostitutas.

 

Triângulo das Bermudas

O legendário local fica no oceano Atlântico, entre Miami, Bermuda e San Juan,
Porto Rico.

Pilotos contam que o aparato do avião dá problema e diversos navios sumiram nas águas do local.

As teorias são inúmeras.

 

Tamam Shud

Em 1948, o corpo de um homem foi encontrado em uma praia da Austrália.

Em um dos seus bolsos havia um papel com o escrito “Tamam Shud” que foi, posteriormente, entendido como “terminado” ou “acabado”, segundo o livro de poemas pérsico Rubaiyat de Omar Khayyam.

Ninguém conseguiu identificar a identidade do homem até hoje.

 

O Assassino do Zodíaco

Outro serial killer que nunca foi pego, o Assassino do Zodíaco, atacou a baía de São Francisco da década de 60 e 70.

Suas cartas indecifráveis lhe renderam o apelido.

A polícia chegou a decifrar apenas uma de quatro, e seu conteúdo era muito perturbador.

As outras três permanecem um mistério até hoje.

 

Georgia Guidestones

A versão Americana do Stonehenge, essas paredes de pedras foram levantadas em 1979, no Colorado, mas não se sabe por quem ou para quem.

Nelas, estão escritos 10 “novos mandamentos”, em inglês, hindi, suaíli, hebraico, árabe, chinês, russo e espanhol.

 

Rongorongo

Um conjunto de glifos foi descoberto na Ilha da Páscoa, levando o nome de Rongorongo.

Eles nunca foram decifrados, mas muitos acham que estão relacionados com as enormes cabeças espalhadas pela ilha.

 

O monstro do Lago Ness

Por anos a fio, pessoas discutem sobre a veracidade do monstro que parece descendente de dinossauros.

São diversas fotos e relatos sobre o monstro do Lago Ness, e alguns ainda acreditam que ele viva nas águas profundas.

 

Pé Grande

O Pé Grande é uma criatura que vive nas montanhas de neve entre as regiões dos Estados Unidos e Canada.

Ele pode parecer um gorila à primeira vista, mas ele anda ereto igual ao homem.

 

Elizabeth Short

A cantora Elizabeth Short foi morta aos 22 anos em 1946.

As condições em que o corpo foi encontrado, no Leimert Park, chocou a mídia na época.

Ninguém sabe o porquê do assassinato, nem quem a matou.

 

Stonehenge

As pedras de Stonehenge são uma estrutura curiosa, com teorias fascinantes sobre quem as construiu e por quê.

A única coisa que sabem é que as pedras vieram de muito longe.

 

Santo Sudário

Acredita-se que o Santo Sudário tem a impressão de um rosto humano que muitos acreditam ser de Jesus Cristo de Nazaré.

As teorias em volta são diversas, mas uma das mais famosas é de que Da Vinci havia restaurando o pano, colocando seu rosto no pano.

 

A cidade perdida Atlântida

A famosa cidade submersa, casa de sereias e tritões, foi primeiramente falada por Platão.

Em seus diálogos baseados em histórias ouvidas em suas viagens, Platão mencionou o estado primordial que a cidade se encontrava, dando como real o local que existia.

 

Roswell

Diversos acidentes aconteceram em Roswell, no estado do Novo México, Estados Unidos, na Segunda Guerra Mundial.

Dizem que um objeto voador não identificado (OVNI) teria caído na região.

O corpo do alienígena foi levado para a área militar 51, onde, dizem, muitos testes foram feitos.

 

Pés em uma praia da British Columbia

Às vezes, um membro de uma pessoa pode aparecer numa praia após ataques de tubarões.

Mas pés vindos do mar aparecem por diversas vezes ao ano em uma praia na Columbia Britânica, no Canada, causando inúmeras teorias.

 

O sinal “Wow”

O pesquisador Jerry R. Ehman trabalhava para o projeto SETI do Observatório Perkins da Universidade Wesleyan, em Ohio, Estados Unidos, quando captou uma frequência de rádio vindo do Espaço Sideral.

Os 72 segundos do sinal que vieram da Constelação de Sagitário nunca mais foram escutados, mas o nome “Wow” vem da anotação que Jerry fez em cima das sequências de números.

 

D.B. Cooper

Em 1971, Dan Cooper sequestrou um avião com destino a Seattle, nos Estados Unidos, exigiu 200 mil dólares em dinheiro, paraquedas e comida antes de liberar os passageiros.

Após partir de Seattle com os pilotos e aeromoça, ele pulou de paraquedas em Portland e nunca foi encontrado.

É o único caso não resolvido da aviação norte americana até hoje.

 

A morte de Lar Bahadur Shastri

O primeiro ministro da Índia, Lal Bahadur Shastri, morreu subitamente em 1966, quando saiu do país.

A morte não foi explicada, pois sua saúde era estável e médicos e demais especialistas confirmaram que a causa não foi ataque cardíaco.

Houve suspeita de envenenamento, mas nada foi comprovado.

 

Geoglifos de Nazca

A civilização Nazca foi responsável pelos geoglifos mas fascinantes na superfície terrestre.

Ao sobrevoar o local, é possível avistar, macacos, flores, aranhas e até mesmo tubarões.

 

Homens de Medan

O mistério do Ourang Medan (ou homens de Medan) aconteceu na Malásia em 1947.

Uma mensagem enviada para navios próximos, em código morse, dizia “todos os oficiais, inclusive o capitão, estão morto”.

E logo depois “eu morri”.

Ao chegarem ao navio, descobriram que, de fato, todos haviam morrido com uma expressão de medo no rosto.

As especulações do caso vão de fantasmas a alienígenas.

 

Cunha de Alumínio de Aiud

Em 1974, três objetos foram encontrados em um sítio arqueológico na Romênia.

Dois itens eram ossos de elefantes pré-históricos, datados de 2.5 milhões de anos atrás.

Mas o terceiro, no entanto, era uma cunha de alumínio.

A descoberta intrigou os pesquisadores, porque, até o século XIX, o alumínio era difícil de ser criado.

Algumas pessoas acham que o objeto é uma fraude, outras que é obra dos alienígenas.

 

Mackenzie Poltergeist

O Mackenzie Poltergeist é uma atração famosa em Edinburgh, Escócia.

As pessoas que visitam o lugar afirmar sofrer arranhões e até mesmo desmaiar quando entram e se deparam com o mausoléu do Sir George Mackenzie.

 

Et de Varginha

O caso mais conhecido no Brasil de extraterrestes é certamente as aparições que aconteceram em Varinha, Minas Gerais, em 1996.

Relatos não só de encontros com as naves, mas de captura de alienígenas chegaram a aparecer em programas como o Fantástico.

 

O assassinato na fazenda Hinterkaifeck

Uma série de acontecimentos estranhos aconteceram nos anos 20 na fazenda Hinterkaifeck, na Alemanha: pegadas na neve apreciam ao redor da casa, barulhos no sótão, jornais que ninguém havia comprado apareciam na porta e chaves sumiam.

Após estranhar o sumiço da família, os vizinhos foram procura-los e encontraram todos mortos.

Alguns foram mutilados no celeiro e a filha mais nova, que aparentemente sobreviveu ao ataque, havia sangrado até morrer.

A polícia nunca achou o responsável.

 

O sumiço das crianças da família Sodder

Na noite de natal de 1945, no Estados Unidos, uma família acorda assustada com a casa pegando fogo.

Os pais conseguiram salvar quatro das nove crianças da casa.

Ao tentar retornar para buscar as outras, o pai não conseguiu acessar o segundo piso e viu a casa ser tomada pelo fogo em 45 minutos.

Depois do acidente, a família não achou o corpo das crianças e, por diversas vezes, foram avisados por terceiros de terem vistos seus filhos em alguma cidade americana.

Para adicionar mais mistério, na semana antecedente ao incêndio, a família Sodder recebeu duas ameaças de que a casa pegaria fogo.

 

O assassinato de Villisca Axe

Em 1912, na cidade de Villisca, nos Estados Unidos, a família Moore voltou para casa à noite, após ir à igreja, e deitou-se para dormir.

Na manhã seguinte, os vizinhos encontraram os pais, os quatro filhos e duas amigas mortas, mutilados com um machado.

Acredita-se que o assassino estava escondido no sótão quando chegaram, porque não havia sinais de arrombamento na casa.

Diversos suspeitos foram questionados, mas nunca encontraram o culpado.

A casa é aberta à visitação e pode-se até mesmo passar a noite no local.

 

Incidente de Dyatlov Pass

Um grupo de nove universitários foi acampar por uma noite nas montanhas Ural, na Rússia, em 1959.

Quando não chegaram ao destino, uma equipe de resgate foi procura-los e encontrou a barraca rasgada de dentro para fora.

Os corpos estavam congelados na neve, todos de roupa íntima, e dois apresentaram problemas estranhos: um havia sofrido traumatismo craniano e o outro tinha a língua cortada.

 

O acidente de Diane Schuler

Em 2009, Diane Schuler sofreu um acidente de carro com sua família, resultando em 8 vítimas.

Junto ao carro foi encontrado uma garrafa de vodka e o exame sanguíneo da mulher confirmou que ela havia bebido o dobro permitido pela lei.

Porém, a cunhada afirmou que havia conversado com ela um pouco antes do acidente e ela está sóbria.

Não se sabe se foi sua escolha se drogar ou alguém a obrigou a isso.

O caso, que não teve fim e instiga até hoje americanos, virou até documentário da HBO.

 

O menino criado por macacos

Em 1987, na cidade de Sundumbili, África do Sul, uma criança de cinco anos foi encontrada na mata.

O jovem menino recebeu o nome de Saturday Mthiyane e foi levado para morar em uma escola especializada em crianças com deficiência.

Pelo comportamento agressivo e preferência por carne crua, acredita-se que ele tenha sido criado por macacos.

Sua origem nunca foi descoberta e, em 2007, Saturday morreu em um incêndio.

 

O desaparecimento de Kyron Horman

Em 2010, Kyron Horman foi levado para sua escola pela madrasta.

Ela o deixou próximo a sua sala e, segundo colegas, o menino foi visto pela última vez na saída sul da escola.

Um grupo de buscas foi chamado no mesmo dia, mas nunca o encontraram.

A madrasta afirmou não ter envolvimento com o caso.

 

Radiação em Mohenjo-Daro e Harrapa

O nível de radiação no solo dessas duas cidades do Paquistão é tão alto nas ruinas que muitos acreditam que houve uma explosão de bomba atômica em 1.500 Ac que matou a população.

Apesar das especulações, há muita discussão em torno desse mistério.

 


NEFASTO – ENTRE A VIDA E A MORTE
www.nefasto.com.br – Tudo sobre medo e terror: Filmes de terror, histórias de terror, livro de terror, notícias de terror, contos de terror. Todas as matérias são escritas pela equipe do Nefasto, com base em fontes da internet. Caso algum artigo ou notícia não esteja carregando os devidos créditos, entre em contato com a equipe do Nefasto pelo email nefasto.nocivo@gmail.com.
Siga-nos nas redes: Facebook || Instagram || Youtube || Grupo de discussão || Twitter || Google+

Deixe uma resposta