Tábua de Esmeralda por Hortulanus – Capítulo XI

A Tábua de Esmeralda por Hortulanus é a base sólida necessária para o estudo da Alquimia e do Hermetismo.

Dando continuidade à leitura da Tábua de Esmeralda por Hortulanus, vamos analisar o capítulo XI da mesma obra.

Para ler o capítulo X clique aqui.

Tábua de Esmeralda por Hortulanus – Capítulo XI

O Magistério imita a criação do Universo

Continuando:

O Filósofo dá um exemplo da composição de sua Pedra, dizendo:

“Assim foi criado o mundo”.

Assim, temos que nossa pedra se faz da mesma maneira que foi criado o mundo.

Pois as primeiras coisas de todo o mundo, e tudo o que no mundo tenha havido foi previamente uma massa confusa, sem ordem, um caos, como dito antes.

E, depois, por artifício do soberano Criador, essa massa confusa, após ter sido admiravelmente separada e retificada, foi dividida em quatro elementos;

E, devido a tal separação, são feitas diversas e diferentes coisas.

Assim também se pode fazer diversas e diferentes coisas pela produção e disposição de nossa Obra.

E ainda pela separação dos elementos dos diversos corpos.

“Disso sairão admiráveis adaptações”.

Isto é, se separas os elementos, far-se-ão as admiráveis composições próprias de nossa Obra, na composição de nossa Pedra, por conjunção dos elementos retificados.

Das quais, isto é, destas coisas admiráveis e adequadas a tal fim, o “meio”, quer dizer, o meio de proceder “está aqui”.

Clique aqui para ler o Capítulo XII.

#nefasto


Pela Redação do Nefasto – Foto Google