Tábua de Esmeralda por Hortulanus – Capítulo VI

A Tábua de Esmeralda por Hortulanus constitui um passo básico para o estudo da Alquimia e do Hermetismo.

Dando continuidade à leitura da Tábua de Esmeralda por Hortulanus, vamos analisar o capítulo VI da mesma obra.

Para ler o capítulo V clique aqui.

Tábua de Esmeralda por Hortulanus – Capítulo VI

A Pedra é Perfeita se a Alma se Fixa no Corpo

Continua: “O pai de tudo, o Telesma de todo o mundo está aqui”.

Isto é, na obra da Pedra há uma via final.

E nota que o Filósofo chama a operação de o “pai de tudo”, o “Telesma”.

Ou seja, de todo o tesouro ou segredo de todo o mundo, ou ainda, de toda Pedra que se tenha podido encontrar neste mundo.

“Está aqui”, como se dissesse: “aqui te mostro”.

Pois o Filósofo disse:

“Queres que mostre quando está acabada e perfeita a força da Pedra? Será quando ela se tenha transformado e convertido em sua Terra”.

Por isso disse:

“sua força e potência serão completas, isto é, perfeitas, converte-se e se transforma em Terra”.

Isto é, se a alma da Pedra (da qual antes se fez menção, dizendo que a alma é chamada Vento ou Ar e que nela está toda a vida e força da Pedra) se transforma em Terra da Pedra e se fixa.

De tal maneira que toda a substância da Pedra esteja de tal modo unida à sua nutriente (a Terra) que toda a Pedra se transforme em fermento.

De igual modo, quando se faz pão, um pouco de levedura nutre e fermenta uma grande quantidade de massa, mudando assim toda a substância da pasta em fermento, da mesma maneira o Filósofo indica que nossa Pedra terá de ser fermentada de modo a servir, ela mesma, de fermento para sua própria fermentação.

Clique aqui para ler o Capítulo VII.

#nefasto


Pela Redação do Nefasto – Foto Google